CS:GO

CS:GO: "É preciso tempo para resultados sólidos surgirem", diz psicólogo da MIBR

Saiba qual é o plano de ação da equipe daqui para a frente
@foxer_jj
Jairo Junior
escreve para o Versus.
Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

A torcida pediu, repetiu e insistiu, até que enfim a MIBR contratou um psicólogo para acompanhar sua equipe de Counter-Strike: Global Offensive. João Cozac foi anunciado na última semana e já está integrado à comissão técnica. O Versus conversou com o profissional para saber mais mais sobre sua carreira e como seu trabalho procederá daqui para frente com a equipe de Gabriel "FalleN" Toledo.

Leia mais:


A carreira

João Ricardo Lebert Cozac é psicólogo formado pela PUC-SP e tem 30 anos de experiência na área do esporte - na qual é especialista. Ele é mestre em educação pelo Mackenzie, pós-graduado em psicologia esportiva pela Universidade de Córdoba em Barcelona, doutor em esportes pela USP, além de ser autor de quatro livros.

Cozac já atuou em diversas modalidades desportivas - desde o futebol com Corinthians, Goiás, Cruzeiro, Ituano e Palmeiras até a Seleção Brasileira da Ginástica Ritmíca e atletas de outros esportes. Atualmente, ele é presidente da Associação Paulista de Psicologia do Esporte, colunista no jornal eletrônico Gazeta Esportiva com a coluna Gol de Cabeça, professor de formação em psicologia do esporte no Centro de Estudos e Pesquisas em Psicologia e Pedagogia (CEPPE), psicólogo da Vivo Keyd e, agora, MIBR.

O trabalho na MIBR

João é um profissional renomado em sua área de atuação e, por isso, muito requisitado. Sendo assim, seu tempo será dividido entre MIBR, Vivo Keyd, 17 atletas de diversas modalidades esportivas que são atendidos individualmente e duas turmas com 100 alunos, para os quais ele leciona na Associação Paulista da Psicologia do Esporte em um curso de formação. Por isso, a maior parte do acompanhamento com a MIBR será feito online, por aplicativos de áudio e vídeo em tempo real. Porém, o psicólogo pretende ser cada vez mais ativo na vida dos seus novos atletas:

"Já tenho até algumas viagens programadas para me encontrar com eles. Até para poder ter uma imersão maior no campo do relacionamento e das atividades como o biofeedback e o neurofeedback, que são vertentes necessariamente presenciais. Em alguns campeonatos e bootcamps estarei junto dos jogadores para poder medir a evolução das técnicas que já estão configuradas para nosso trabalho."

As dificuldades

De acordo com João, seu "trabalho [junto à MIBR] foi iniciado formalmente em 5 de julho". O psicólogo prevê obstáculos pelo caminho, mas se mostra otimista quanto à nova empreitada e principalmente com o futuro do time:

"Iniciar um projeto novo é sempre um grande desafio. Sobretudo se tratando de uma equipe da magnitude da MIBR, que possui uma história vencedora com grande visibilidade nacional e internacional. Apesar das dificuldades, tenho certeza de que esta parceria será bastante frutífera para todos, gerando evoluções em todos os sentidos. Quero somar com os jogadores, tanto individual quanto coletivamente, ajudando a trazer bastante força e contribuição para esta line-up."

Cuidar da mente dos jogadores da MIBR será um desafio e tanto, já que a equipe enfrenta uma crise de vitórias e, recentemente, perdeu Marcelo "coldzera" David, considerado a maior estrela da line-up. Ainda assim, o momento difícil não assusta o especialista, que já lidou com reestruturações e grandes mudanças em times em outras modalidades.

No entanto, ao contrário do que pode parecer, este não será um trabalho imediatista, como explica Cozac: "O plano cultural brasileiro tem, em termos de visão da psicologia do esporte, uma ideia muito pautada no senso comum de que o psicólogo chegou, o resultado surgiu. É muito importante desmitificarmos isso".

"O psicólogo precisa de tempo para trabalhar para que resultados mais sólidos e consistentes possam surgir", afirma João. "Não existe milagre, e sim trabalho, parceria, ajuda mútua e confiança. A psicologia no esporte atua de médio a longo prazo, junto com atletas e comissão técnica, para a construção de um ambiente vencedor com qualidade, bons pensamentos, boas crenças e muita integração."

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O esport, o esporte e a psicologia do esporte

O crescimento do esporte eletrônico no Brasil e no mundo é nítido. Dentro da América Latina a receita do mercado de esports ultrapassará US$ 30 milhões, enquanto em todo o planeta o rendimento deve bater a marca de US$ 1 bilhão em lucros, já no ano que vem. Cozac coloca os esports como uma referência e exemplo a ser seguido, até mesmo para o esporte mais famoso do planeta:

"Fico feliz em saber que os esports estão abrindo as portas de uma forma tão coerente e receptiva para os trabalhos de psicologia do esporte. Posso dizer que a modalidade está num caminho correto e, por isso, desejo e acredito sim que o esporte eletrônico possa representar um exemplo de gestão e conceituação de atleta e ser humano em ação, ambos na mesma unidade de trabalho."

"Se compararmos [o esport] com o futebol por exemplo, a Seleção Brasileira não conta com um psicólogo, o que é quase uma aberração diante de grandes seleções do mundo como Argentina, Itália, Inglaterra, França e Bélgica que contam com departamentos inteiros de psicologia do esporte."

Próximos compromissos

O primeiro campeonato disputado pela MIBR já com o acompanhamento de João foi a BLAST Pro Series Los Angeles. A equipe não conseguiu uma boa campanha e ficou na 5º colocação dentre seis participantes, até mesmo por ter atuado com o treinador Wilton "zews" Prado como jogador. No entanto, a forma como os jogadores se portaram dentro de jogo e até mesmo fora dele, com os sorrisos e as brincadeiras voltando a aparecer, chamaram atenção dos fãs que comentaram bastante o fato nas redes sociais.

Agora, o próximo compromisso dos brasileiros será a Intel Extreme Masters Chicago 2019, entre 18 e 21 de julho. Por lá, oito times disputarão o título e a maior parte da premiação total de US$ 250 mil (aproximadamente R$ 938 mil na atual cotação do Dólar). Fique ligado no Versus para conferir em breve um guia com todas as informações mais importantes do evento.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Jairo "Foxer" Junior é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @Foxer_JJ.

Tags Relacionadas
CS:GOMIBR
Mais notícias
CS:GO: Red Canids anuncia segunda line-up
CS:GO

CS:GO: Red Canids anuncia segunda line-up

Jogadores saem da reserva para compor novo elenco
Beatriz Coutinho
CS:GO: Athena's e-Sports anuncia sua primeira line-up do game
CS:GO

CS:GO: Athena's e-Sports anuncia sua primeira line-up do game

Time foi revelado nesta quinta-feira (22)
Beatriz Coutinho
CS:GO: Site possibilita montar times com jogadores de mesmo nível
CS:GO

CS:GO: Site possibilita montar times com jogadores de mesmo nível

A plataforma analisa o nível e estilo dos jogadores para encontrar o time
Lucas Hagui