CS:GO

CS:GO: Zews possivelmente não estava no comando da MIBR nos últimos jogos do time

A saída foi oficializada na última quarta-feira (25), mas na prática o fato provavelmente já estava consumado
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

Foto: HLTV/Reprodução
Foto: HLTV/Reprodução

Pegando a comunidade de surpresa, a saída de Wilton "zews" Prado da comissão técnica da equipe de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) da MIBR foi oficializada na noite da última quarta-feira (25), em tuítes da organização e do próprio treinador. Porém, na prática, o fato provavelmente já estava consumado bem antes disso. De acordo com a apuração do Versus, zews não estava mais no comando da equipe nos últimos confrontos disputados no FLASHPOINT Season 1.

Leia mais:

Conforme indicou uma fonte próxima ao Versus, ao que tudo indica o estopim para a saída do coach foi a derrota para Chaos, na qual ele estava presente, por 2 a 0 no primeiro confronto disputado pela MIBR no FLASHPOINT. Afinal, depois de diversos resultados que já não agradavam, este revés em especial aconteceu diante de uma equipe de menor expressão, com um jogador extremamente recente na line-up, na estreia da liga em que a MIBR é sócia, além de outros atenuantes.

Além da informação que obtivemos, é também possível observar nas redes sociais alguns indícios de que a situação não estava normal. No Twitter de zews, por exemplo, fora o anúncio de saída, seu último tuíte foi em 14 de março parabenizando o embaixador Guilherme "GuizaO" Kemen pelo aniversário - horas antes da partida contra Chaos.

Nenhum dos resultados da MIBR no FLASHPOINT foram comentados por zews. Já nos tuítes mais antigos, é possível notar seus comentários sobre os outros torneios que a MIBR disputou como a qualificatória para Intel Extreme Masters Katowice 2020 e também a DreamHack Open Anaheim 2020.

Dentro de jogo, nas últimas três partidas, também foi possível notar uma MIBR agindo diferente. Os brasileiros enfrentaram a Envy, a Gen.G e também fizeram uma revanche contra Chaos. Os dois primeiros duelos ficaram em 2 a 0 para o Brasil e o segundo 2 a 1. Neles os jogadores mostraram um estilo de jogo mais solto e mais agressivo do que o normal.

Em nota de esclarecimento sobre sua saída, zews revelou que os problemas enfrentados pela MIBR são piores do que parecem: "Gostaria de dizer que acredito que os problemas do MIBR estarão mais próximos de serem resolvidos, mas infelizmente não sei se acredito ser o caso. Os problemas vividos por aqui são mais complexos, pesados e enraizados do que aparentam e, em minha visão, todas as soluções tendem a ser mais complexas também, requerendo uma mudança maior no elenco e/ou em sua cultura".

Em transmissão pela Twitch, Gabriel "FalleN" Toledo entrou no assunto da atual situação do time e reconheceu que a MIBR ainda é uma equipe que está lutando por espaço, pois "tem muitos times melhores que nós". O capitão também contou que a comunicação entre os jogadores está recebendo um foco maior e isso está ajudando, já que alguns membros são mais frios e "comunicam de uma maneira que sentimos que falta um pouco de intensidade".

Sobre um novo treinador, o sniper descartou a possibilidade por enquanto e disse que a MIBR não está procurando um. Com isso, o manager Ricardo "dead" Sinigaglia assumirá a função mais uma vez.

Entramos em contato com a MIBR, que preferiu não comentar o assunto. Já de zews não obtivemos resposta até a publicação da matéria.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
CS:GOMIBRzews
Mais notícias
CS:GO FURIA perde para Cloud9 e fica em 6º lugar no CS_Summit 6 NA
Furia

CS:GO FURIA perde para Cloud9 e fica em 6º lugar no CS_Summit 6 NA

A disputa aconteceu para que um dos times conseguisse somar alguns pontos a mais para o Major
Jairo Junior
CS:GO: Trailer da GC Masters V chega em clima de arraial
CS:GO

CS:GO: Trailer da GC Masters V chega em clima de arraial

Nicolino nos vocais para celebrar o major brasileiro
Matheus de Lucca
CS:GO: ESL One Cologne 2020 pode ser realizada remotamente ou adiada
CS:GO

CS:GO: ESL One Cologne 2020 pode ser realizada remotamente ou adiada

O campeonato já foi adiado uma vez e segue em situação delicada mesmo na nova data
Jairo Junior