CS:GO

CS:GO: Torne-se um jogador profissional no simulador Pro Player Life

Treine, faça streams, dispute torneios e mais no simulador brasileiro que promete reproduzir a carreira de um jogador de CS:GO
@jairo.junior
Jairo Junior
é reporter no Versus.

Foto: ESL/Reprodução
Foto: ESL/Reprodução

Um dos sonhos mais comuns entre os jovens brasileiros era o de tornar-se um jogador de futebol. No entanto, com a febre dos esportes eletrônicos crescendo cada vez mais, muitos começaram a almejar uma carreira na nova modalidade, que oferece diversas opções de jogos. Foi pensando nisso que nasceu o simulador "Pro Player Life" (PPL), que coloca o jogador na pele de um aspirante a profissional de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO).

Leia mais:

O PPL é um game brasileiro no estilo simulador (tycoon), em desenvolvimento pela Blood Brothers Studios. O lançamento está previsto para maio de 2020, pelo valor de R$ 20 - no lançamento ele custará ainda menos para os primeiros que comparem.

Nele o jogador criará um personagem para dar início à carreira, começando de baixo, sendo um completo desconhecido e com periféricos de baixa qualidade. A partir disso a ideia é treinar habilidades específicas para uma ou mais funções dentro de jogo - o Entry Fragger, por exemplo, precisará de boa movimentação e mira -, administrar o dinheiro que ganha de torneios e streams e crescer na profissão. No dia a dia também aparecerão situações que influenciam na vida do personagem.

O jogo promete imersão total no mundo profissional do CS:GO. Ele terá até mesmo referências ao mundo real - desde pro players até times e campeonatos.

O Pro Player Life está com uma campanha de arrecadação de fundos no site Catarse. Há um sistema de recompensa, de acordo o valor doado. O apoio mínimo é de R$ 10.

A meta a ser atingida no site é de R$ 20 mil. No entanto, de acordo com os desenvolvedores, o PPL será lançado de qualquer maneira, independentemente se a quantia for atingida ou não. Ainda segundo o estúdio, todo o dinheiro arrecadado no Catarse será uma espécie de bônus para o projeto, pois permitirá que invistam ainda mais no jogo e implementem novas mecânicas, designs e mais.

Em contato com o Versus, Marlon Schemberger - que cuida do projeto juntamente de outras duas pessoas - comentou que, por enquanto, PPL será apenas single player. Ainda assim, ele e sua equipe já estão pensando em uma sequência com modo multiplayer, a adição da carreira de treinador e outras novidades. No processo, ele também pretende ficar de olho em tudo que a comunidade sugerir.

1/4
Imagens de como será o jogo | Foto: PPL/Reprodução
Imagens de como será o jogo | Foto: PPL/Reprodução
Imagens de como será o jogo | Foto: PPL/Reprodução
Imagens de como será o jogo | Foto: PPL/Reprodução
Imagens de como será o jogo | Foto: PPL/Reprodução
Imagens de como será o jogo | Foto: PPL/Reprodução
Imagens de como será o jogo | Foto: PPL/Reprodução
Imagens de como será o jogo | Foto: PPL/Reprodução

Siga as redes sociais do Versus para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
CS:GO: AbleJ chega à W7M como empréstimo da Furia
CS:GO

CS:GO: AbleJ chega à W7M como empréstimo da Furia

Jogador voltará a disputar grandes competições nacionais
Jairo Junior
CS:GO: Inscrições para o ESL One Rio Major 2020 estão abertas
CS:GO

CS:GO: Inscrições para o ESL One Rio Major 2020 estão abertas

A caminhada rumo ao primeiro Major Brasil começou
Jairo Junior
CS:GO: Valve pode trocar sistema de convites do Major por classificação
CS:GO

CS:GO: Valve pode trocar sistema de convites do Major por classificação

Desde 2015 a forma como uma equipe chega ao Major é praticamente a mesma
Jairo Junior