CS:GO

CS:GO: MIBR perde para Fnatic e dá adeus à ESL Pro League S10

Não resta mais nenhum brasileiro no torneio
@Foxer_JJ
Jairo Junior
é reporter no Versus.

Foto: HLTV/Reprodução
Foto: HLTV/Reprodução

A MIBR está fora da ESL Pro League Season 10 de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). Os brasileiros enfrentaram a Fnatic valendo a permanência na competição e foram derrotados por 2 a 1. O confronto aconteceu nesta quarta-feira (4).

Leia mais:

As escalações

MIBR

  • Gabriel "FalleN" Toledo
  • Fernando "fer" Alvarenga
  • Epitacio "TACO" de Melo
  • Lucas "lucas1" Teles
  • Vito "kNg" Giusepee
  • Wilton "zews" Prado (treinador)

Fnatic

  • Jesper "JW" Wecksell
  • Freddy "KRIMZ" Johansson
  • Ludvig "Brollan" Brolin
  • Robin "Flusha" Rönnquist
  • Maikil "Golden" Selim
  • Andreas "Samuelsson" Samuelsson (treinador)

O confronto

Inferno

O primeiro tempo da Inferno foi equlibrado do começo ao fim. MIBR e Fnatic trocaram rodadas sem parar e terminaram na vantagem mínima de 8 a 7, a favor dos suecos. Na segunda etapa a Fnatic se distanciou jogando como contra-terrorista, Flusha desequilibrou a partida completamente e a vitória ficou a Fnatic por 16 a 10.

Dust 2

Confiantes por abrirem o placar da série, os representantes da Suécia começaram a Dust 2 muito bem. Eles chegaram a ficar na frente por 5 a 0 e depois 8 a 2, sempre com boas defesas e sem precisas de retomadas de bombsite. Após isso a MIBR enfim acordou no jogo, emplacou cinco rodadas seguidas e um novo 8 a 7 apareceu no duelo.

O segundo half começou animador para a torcida brasileira com o bom pistol da MIBR, mas a Fnatic devolveu na mesma moeda logo em seguida e disparou no placar em 13 a 8. Depois disso o Brasil voltou com tudo, ganhou diversos clutch e chegou a virar o placar para 14 a 13. Nas últimas rodadas a Fnatic conseguiu reencontrar o caminho da vitória, foi até o matchpoint, mas sofreu o empate de 15 a 15.

No overtime a MIBR foi perfeita na defesa e precisou de apenas um ataque para finalizar a Dust 2 em 19 a 16.

Vertigo

Mesmo animada com a vitória suada conquistada anteriormente, a MIBR não conseguiu começar a Vertigo bem. De terrorista os brasileiros foram dominados pelo trio Brollan, Golden e JW, até ficar atrás na contagem em 9 a 2. No fim do primeiro tempo lucas1 e companhia resistiram e diminuíram a distância para 10 a 5.

Na última etapa do confronto, a mesma história se repetiu algumas vezes: A Fnatic se distanciava no placar e a MIBR corria atrás para encostar. Assim o placar persistiu até o 12 a 11, quando os suecos tomaram o controle da situação e levaram a melhor por 16 a 11 na Vertigo e 2 a 1 na série.

O campeonato

A ESL Pro League S10 de CS:GO acontece em Odense, na Dinamarca, entre 3 e 8 de dezembro. Por lá, 16 equipes - entre elas MIBR, FaZe e Sharks com jogadores brasileiros - entraram em busca do título e da maior parte da premiação total de US$ 600 mil - aproximadamente R$ 2,5 milhões.

Confira o guia do Versus para saber mais sobre a competição.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
CS:GO: Gen.G derrota FURIA e conquista DreamHack Anaheim 2020
Furia

CS:GO: Gen.G derrota FURIA e conquista DreamHack Anaheim 2020

Não foi dessa vez para os brasileiros
Matheus de Lucca
CS:GO: MIBR é eliminada da DreamHack Anaheim 2020; FURIA está nos playoffs
CS:GO

CS:GO: MIBR é eliminada da DreamHack Anaheim 2020; FURIA está nos playoffs

Grande final será ainda neste domingo (23)
Beatriz Coutinho
CS:GO: Jogador se salva de headshot com flashbang
CS:GO

CS:GO: Jogador se salva de headshot com flashbang

Aqui temos uma pessoa sortuda!
Helena Nogueira