CS:GO

CS:GO: Furious Gaming expulsa jogador por comentários racistas contra brasileiro

Mithputtini, da Team Reapers, foi alvo de insultos por parte do argentino
@luccabucks
Escrito por
Matheus de Lucca

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Furious Gaming, equipe argentina de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), expulsou um de seus jogadores após ele fazer comentários racistas contra o brasileiro Miguel "mithputtini" Vilaça, da Team Reapers. Em comunicado oficial, a organização chama a atenção dos membros da comunidade para que estes acontecimentos não se repitam.

Leia mais

Como mostra mithputtini com uma postagem no Twitter, após jogar uma partida da GamersClub contra a Furious Gaming, Nicolas "nicolaszo" Marchisio mandou mensagens racistas, insultando-o de "macaco" e "preto". Ao que tudo indica, o argentino também foi banido da plataforma da GC.

Em comunicado oficial, o CEO da Furious Gaming, Gonzalo Martín García, revelou a expulsão de nicolaszo, dizendo que as ações do jogador não representam os valores e nem o respeito que a organização promove.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
DreamHack adia eventos presenciais para 2021
DreamHack

DreamHack adia eventos presenciais para 2021

Alguns torneios continuarão sendo realizados online
Beatriz Coutinho
CS:GO: Soberano anuncia contratação de line-up ex-INTZ
CS:GO

CS:GO: Soberano anuncia contratação de line-up ex-INTZ

Naper, Santininha, Ninha, Regiane e Gabee estão de casa nova
Beatriz Coutinho
CS:GO: Felps deixa MIBR oficialmente ao ser comprado pela BOOM
CS:GO

CS:GO: Felps deixa MIBR oficialmente ao ser comprado pela BOOM

Pro player jogava pela BOOM por meio de um empréstimo
Beatriz Coutinho