CS:GO

CS:GO: Astralis vence Liquid e conquista título da ECS Season 8

É o quarto título de ECS dos dinamarqueses
@jairo.junior
Jairo Junior
é reporter no Versus.

Astralis no palco da ECS | Foto: HLTV/Reprodução
Astralis no palco da ECS | Foto: HLTV/Reprodução

A Astralis é quatro vezes campeã da ECS de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). A equipe enfrentou a Team Liquid na final da Season 8 e levou a melhor por 2 a 1, de virada. Além do título, os dinamarqueses faturaram US$ 225 mil - aproximadamente R$ 953 mil.

Leia mais:

As escalações

Astralis

  • Nicolai "dev1ce" Reedtz
  • Peter "dupreeh" Rasmussen
  • Andreas "Xyp9x" Højsleth
  • Lukas "gla1ve" Rossander
  • Emil "Magisk" Reif
  • Danny "zonic" Sørensen (treinador)

Team Liquid

  • Nicholas "nitr0" Cannella
  • Jonathan "EliGE" Jablonowski
  • Keith "NAF" Markovic
  • Russel "Twistzz" Van Dulken
  • Jake "Stewie2K" Yip
  • Eric "adreN" Hoag (treinador)

O confronto

Vertigo

O primeiro mapa do duelo foi a Vertigo - escolha da Liquid. A equipe teve um ótimo começo de contra-terrorista e garantiu a vantagem de 11 a 4. O que os representantes da América do Norte não esperavam era a força de recuperação da Astralis, que fez o mesmo placar de deixou tudo empatado no 15 a 15.

Na prorrogação a TL foi absoluta. Fez três pontos de terrorista e completou o serviço de CT no placar de 19 a 15.

Nuke

Apesar da Team Liquid ter levado a melhor no pistol e nos anti-ecos, a primeira etapa da Nuke se mostrou bem equilibrada. No final dela, o placar de 8 a 7 - a favor da própria Liquid - mostrava bem a equidade entre as partes.

Na etapa seguinte por outro lado, a equidade passou longe. Novamente a Liquid venceu o pistol e os anti-ecos, mas ficou apenas nisso... A Astralis foi absoluta no restante da partida, não perdeu mais nenhuma rodada e finalizou a Nuke em 16 a 11, além de empatar a série em 1 a 1.

Dust 2

Embalada pela vitória no mapa anterior, a Astralis chegou com tudo na Dust 2. Eles começaram a partida no ataque, não tomaram qualquer conhecimento sobre a defesa inimiga e emplacaram a larga vantagem de 12 a 3.

Mesmo muito atrás no placar e até mesmo perdendo o segundo pistol, a equipe da América do Norte não se deu por vencida. Eles foram para cima da Astralis e deram certo trabalho. Ainda assim, com tantos pontos que já tinham capitalizado, a Astralis precisou de apenas três boas rodadas para botar um ponto final no jogo em 16 a 8, além de 2 a 1 na série.

Estatísticas de Astralis vs Liquid | Foto: HLTV/Reprodução
Estatísticas de Astralis vs Liquid | Foto: HLTV/Reprodução

O campeonato

A ECS S8 de CS:GO aconteceu em Arlington, nos Estados Unidos, entre 28 de novembro e 1 de dezembro. Por lá, oito equipes entraram em busca do título e da maior parte da premiação de US$ 500 mil - aproximadamente R$ 2,1 milhões.

O evento contou com a participação de dois representantes do Brasil: MIBR e Sharks. No entanto, nenhum dos dois times conseguiu brilhar e ambos foram eliminados na fase de grupos.

Veja abaixo como ficou a classificação final do torneio:

  • 1º lugar: Astralis - US$ 225 mil
  • 2º lugar: Liquid - US$ 100 mil
  • 3º/4º lugar: Fnatic e Evil Geniuses - US$ 50 mil
  • 5º/6º lugar: MIBR e NiP - US$ 25 mil
  • 7º/8º lugar: Sharks e AVANGAR - US$ 12,5 mil

O Versus fez a cobertura de todas as partidas que envolveram brasileiros na competição. Todas podem ser conferidas na aba "CS:GO", em nosso site. Siga-nos em nossas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
CS:GOECSLiquidAstralis
Mais notícias
CS:GO: FaZe estreia BLAST Pro Series Global Final com derrota para NiP
CS:GO

CS:GO: FaZe estreia BLAST Pro Series Global Final com derrota para NiP

Apesar da derrota o time ainda tem chances no campeonato
Jairo Junior
CS:GO: Meyern é confirmado na MIBR como substituto de Lucas1
CS:GO

CS:GO: Meyern é confirmado na MIBR como substituto de Lucas1

Argentino ocupará o lugar do brasileiro já para CS_Summit 5
Jairo Junior
CS:GO: Tito e Spacca comentam sobre as possibilidades de MIBR e FURIA no CS_Summit 5
CS:GO

CS:GO: Tito e Spacca comentam sobre as possibilidades de MIBR e FURIA no CS_Summit 5

As equipes brasileiras querem fechar o ano com título, mas será é possível?
Jairo Junior