Comunidade

R6, PUBG, CoD, BF e Paladins: Conheça a história de NinexT, jogador exímio dos eSports no Brasil

O jogador competiu em diversos cenário e acumula títulos interessantes em sua carreira
@felipe.cardoso
Felipe Cardoso
escreve para o Versus.
© Reprodução
© Reprodução

Nascido em Belo Horizonte, Minas Gerais, Nino Bernardes Pavolini é um grande talento no cenário competitivo de FPS. Campeão brasileiro de Rainbow Six Siege e três vezes vice-campeão mundial de Battlefield 4, NinexT - como é conhecido nos eSports - já se destacou em diferentes cenários, de Paladins até PUBG.

Veja mais sobre eSports:

O jogador tem apenas 20 anos de idade, mas muita experiência nos games. Sua trajetória começou em 2011, e foi em BlackShot onde NinexT criou sua simpatia pelo gênero de jogos de tiro em primeira pessoa.

No começo, seus pais não aprovavam as horas investidas em suas jogatinas, porém, após passar pelo BlackShot e pela franquia de Call of Duty, Nino migrou para o Battlefield e deu início a sua carreira competitiva.

Equipe da Santos Dexterity de Battlefield 4, da qual o jogador fez parte. Foto: Reprodução/Acervo pessoal.
Equipe da Santos Dexterity de Battlefield 4, da qual o jogador fez parte. Foto: Reprodução/Acervo pessoal.

No Battlefield 4, o jogador passou pelas organizações da Nyxe Gaming, Santos Dexterity e INTZ eSports. Entretanto, grande parte de sua história foi realizada na Santos Dex.

Ainda no FPS da EA, NinexT conquistou inúmeros títulos e teve a oportunidade de disputar mundias pela modalidade, onde foi três vezes vice-campeão dos campeonatos da ESL One.

Após seu último mundial no BF, a equipe da INTZ eSports migrou para o cenário de Rainbow Six Siege e não demorou para ser considerada uma das melhores equipes do game. Todavia, Nino era o sexto jogador da organização.

A trajetória inicial no R6 foi turbulenta para o pro player, que chegou a ir para a França, onde foi jogador profissional de Paladins pela organização Epsilon. Depois de idas e voltas, NinexT voltou para o Brasil, entrou na Black Dragons e apresentou uma de suas melhores temporadas, tornando-se campeão brasileiro.

Logo em seguida de seu título nacional, Nino se retirou da BD e começou a investir no jogo do momento, o PlayerUnknown's Battlegrounds. No período de sua estadia pela Europa, o jogador conquistou altas posições no ranking do PUBG europeu e, hoje, vem jogando com a equipe de Tecnosh. Esse currículo não é pra qualquer um!


Felipe Cardoso é analista do Versus. Siga-o no Twitter em @felpyyy.

Tags Relacionadas
Comunidade
Mais notícias
LoL: Rensga cria apresentação de Power Point para fãs verem jogos no trabalho
League of Legends

LoL: Rensga cria apresentação de Power Point para fãs verem jogos no trabalho

A transmissão do Circuito Desafiante está escondida em uma apresentação sobre meio ambiente
Matheus Oliveira
Mapa impossível de Super Mario Maker é recriado no CS:GO
CS:GO

Mapa impossível de Super Mario Maker é recriado no CS:GO

Não se engane, é difícil de passar no CS:GO também!
Helena Nogueira
CS:GO: Stewie dribla time inimigo com smoke e mostra que é o rei da furtividade
CS:GO

CS:GO: Stewie dribla time inimigo com smoke e mostra que é o rei da furtividade

O jogador ainda fechou o round com quatro eliminações
Helena Nogueira