CrossFire

CF: Black Dragons quer fazer história na China em 2018

Os brasileiros vão disputar mais de um campeonato em solo chinês
@felipe.cardoso
Escrito por
Felipe Cardoso
© Reprodução/Agência X5
© Reprodução/Agência X5

O ano de 2017 foi inesquecível para a Black Dragons, a organização conquistou títulos importantes nos seguintes jogos: Rainbow Six Siege, Counter-Strike: Global Offensive, Smite, Point Blank e CrossFire.

Saiba mais sobre CF:

Entretanto, a Black Dragons de CrossFire fez história ao conquistar um título internacional, tornando-se a primeira equipe não chinesa a realizar o feito.

Além disso, os cyberatletas liderados por Thadeu "vianna1" Vianna desbancaram a aclamada Operation Kino na grande final nacional - torneio que valia a vaga para a CrossFire Pro League 2018, a famosa Liga Chinesa.

Toda grande jornada conta com as suas reviravoltas e logo após uma campanha abaixo na média na CrossFire Stars 2017, o principal campeonato da modalidade do ano, dois jogadores se retiraram do time.

Rafael "mnd" Mendes e Lucas "rst" Franco anunciaram a sua saída e deixaram o conjunto da Black Dragons desmantelado para a temporada de 2018.

Logo, a organização apresentou Leonardo "nott" Farias e Adriano "adrf" Faria para recompor a equipe.

A habilidade e o entrosamento de nott e adrf fizeram deles a melhor escolha para o conjunto.


"Eu, Wil e Danimal temos a experiência necessária para ajudá-los e eles sabem que podem contar conosco, creio que foi o melhor pro time e espero que os dois possam oferecer o máximo de si." - afirma vianna.
© Reprodução/Facebook
© Reprodução/Facebook

Segundo Vianna, a adaptação da nova Black Dragons está ótima e mesmo com um treinamento mais leve, para aproveitar o pouco tempo que o conjunto tem no Brasil, o rendimento e o convívio seguem ótimos.

A viagem rumo à China vai ocorrer no dia 10 de janeiro e a BD vai para disputar dois campeonatos, um torneio de pré-temporada e a CFPL. Somando ao total mais de quatro meses em terras orientais.


"Largar família, amigos e namorada por um bom tempo é muito complicado, porém vai ser uma experiência que vai valer a pena não só para nós como jogadores, mas também para nós como pessoas. Por enquanto vamos aproveitar um pouco as pessoas próximas, pois quatro meses não são horas. Em janeiro vamos dar o máximo nos treinamentos, porque com a nossa confiança e dedicação, acredito que possamos fazer história." - menciona nott.

Denis "pings" Costa não é só um dos donos da organização, como também vai viajar com os cyberatletas para acompanhá-los e garantir uma melhor estadia aos jogadores.

O primeiro desafio vai começar no dia 15 de janeiro e terá duração de quase dois meses.

Felipe Cardoso é analista do Versus e um entusiasta pelo gênero FPS. Siga-o no Twitter em @felpyyy.

Tags Relacionadas
CrossFire
Mais notícias
Crossfire: Todas as patentes e ranks do jogo
CrossFire

Crossfire: Todas as patentes e ranks do jogo

As patentes são vinculadas a conta e qualquer tipo de partida, enquanto os ranks servem apenas para as ranqueadas
Jairo Junior
Crossfire terá adaptação cinematográfica produzida pela Sony em parceria com a Smilegate
CrossFire

Crossfire terá adaptação cinematográfica produzida pela Sony em parceria com a Smilegate

Filme ainda não possui data de lançamento
Helena Nogueira
CrossFire: Vincit derrota Black Dragons e se torna campeã mundial do CFS 2019
CrossFire

CrossFire: Vincit derrota Black Dragons e se torna campeã mundial do CFS 2019

Decisão brasileira aconteceu neste sábado (14) em Xangai
Helena Nogueira