League of Legends

CBLoL: "Tanto faz", diz Robo sobre quem gostaria de enfrentar na final

Adversária do rubro negro será decidida na semifinal deste domingo (25)
@helenavnogueira
Helena Nogueira
escreve para o Versus.

Neste sábado (24), foi definida a primeira equipe que participará da final do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ). Na primeira semifinal do 2º split, o Flamengo eSports derrotou a Uppercut Esports e garantiu novamente seu lugar na decisão do torneio.

Após a partida, o Versus participou da coletiva de imprensa, em que ambos os times responderam a perguntas dos jornalistas.

Quando questionado sobre contra quem o rubro negro espera jogar a final, Leonardo "Robo" Souza demonstrou estar apto a enfrentar qualquer adversário. "Eu pessoalmente gostaria de enfrentar a KaBuM, acho que é uma história mais legal para o Flamengo, eles são um time muito forte então seria bem legal. Só que acho que a INTZ vai ganhar [a semifinal], então, tanto faz. Vamos ver."

Na decisão, os jogadores representarão a camisa do Flamengo em sua cidade sede, o Rio de Janeiro. Felipe "brTT" Gonçalves comentou as vantagens e desvantagens de jogar na capital carioca.

"Eu diria que a vantagem principal com certeza será a torcida. Acho que 90% [da plateia] no mínimo será torcedor do Flamengo, e ter essa energia e sentir essa vibração impulsiona os jogadores, dá muito mais força para que a gente saia com a vitória no dia (...). E não há nada que esteja nos motivando mais que a questão de que nós batemos na trave algumas vezes já. Esse título está entalado na nossa garganta e, agora que tem a vaga do Mundial, todos estamos treinando muito e se dedicando para chegar lá."

A Uppercut também participou da coletiva, sendo representada por Mateus "Fitz" Cayres e Erick "Erickão" Cardoso. O CEO da organização respondeu sobre a possibilidade de sua equipe treinar com o campeão do CBLoL em preparação do Mundial.

"Não discuti isso com meu time ainda. É um pouco complicado, já vou adiantando, porque nós não tivemos férias do 1º para o 2º split, então os meninos estão com uma sobrecarga muito alta. Também temos a Superliga em novembro, então seria importante ter um descanso agora para podermos começar o novo ano competitivo bem (...). Não posso preterir meu time para ajudar, por mais que queira. Também acho que, se o meu time fosse campeão, no dia seguinte da final eu estaria embarcando para um bootkamp. Eu não ficaria aqui, mas cada time tem o seu planejamento."

Quer conferir outros destaques da coletiva? Assista ao vídeo acima e não esqueça de se inscrever no canal do Versus no YouTube.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
LoL: Após adiamentos, Clash é disponibilizado para testes no servidor brasileiro
League of Legends

LoL: Após adiamentos, Clash é disponibilizado para testes no servidor brasileiro

Invocadores já criar equipes a partir desta segunda-feira (16)
Beatriz Coutinho
LoL: Riot lançará livro sobre a história de Runeterra e suas regiões
League of Legends

LoL: Riot lançará livro sobre a história de Runeterra e suas regiões

Agora você já sabe o que pedir de Natal!
Helena Nogueira
LoL: All-Star 2019 será em Las Vegas e terá torneio de TFT
League of Legends

LoL: All-Star 2019 será em Las Vegas e terá torneio de TFT

Quais jogadores representarão o Brasil neste ano?
Helena Nogueira