League of Legends

CBLoL: "Queria provar que sou melhor que ele", diz RedBert sobre esA

Suporte da INTZ foi MVP de uma das partidas da decisão
@biaacoutinhoo
Escrito por
Beatriz Coutinho

A INTZ é a grande campeã do 2º split do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2020 (CBLoL). A equipe conquistou o título após derrotar a paiN por 3 a 1 na grande final do torneio. Esta final teve um peso ainda maior para o suporte Ygor "RedBert" Flores, que queria provar para si mesmo que era melhor que André Eidi "esA" Yanagimachi, suporte da paiN Gaming. Segundo RedBert, ele sempre via esA se "autoproclamar o melhor suporte brasileiro" e não concordava com isso. Assista a coletiva de imprensa da INTZ no vídeo acima.

Leia mais:

"Desde o início da etapa eu via o esA se autoproclamar o melhor suporte e na minha cabeça não faz sentido alguém se achar o melhor suporte do Brasil sem nunca ter ganhado nada. Eu queria muito provar para mim mesmo que eu sou melhor que ele", disparou RedBert.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que esta não é a primeira vez em que RedBert derrota a paiN em uma decisão de CBLoL. Na final do 2º split de 2017, quando jogava pela Team oNe, o suporte venceu a line-up da paiN composta por Matheus "Mylon" Borges, Rodrigo "Tay" Panisa, Gabriel "Kami" Bohm, Pedro "Matsukaze" Gama, Caio "Loop" Almeida.

Apesar dessa vantagem contra a paiN, o suporte disse que não se considera o carrasco do time. "Não acho que sou o carrasco da paiN porque essa é só a segunda vez que nos enfrentamos em final. Acho que foi apenas a preparação dos times em que joguei que foi superior. Se pegar a fase regular de exemplo, perdemos três jogos para eles. É muito difícil jogar contra eles. [...] É na preparação para a final em si que conseguimos ser superiores".

RedBert foi MVP da primeira partida da grande final contra a paiN, quando jogou com Tahm Kench.

Além do título de campeã do CBLoL, a INTZ garantiu sua vaga para o Worlds. O Mundial 2020 de League of Legends (LoL) acontece entre 25 de setembro e 31 de outubro em Xangai, na China. De acordo com a ESPN, o torneio será disputado em um sistema de bolha, no qual os times devem chegar em Xangai algumas semanas antes do torneio para permanecer em isolamento social até o início da competição.

Durante uma conferência da Tencent sobre esports, em 24 de agosto, nada foi dito sobre como o torneio será promovido localmente, se haverá presença de torcida, como será a interação entre jogadores ou como tudo será operado presencialmente. Foi apenas confirmado que as primeiras etapas não contarão com público no estádio.

Você é fã da INTZ? No vídeo acima você confere tudo sobre a estrutura da gaming house/gaming office da organização.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
Mundial de LoL: "É frustrante, não vim aqui passear", diz Tay sobre estreia em Mundiais
League of Legends

Mundial de LoL: "É frustrante, não vim aqui passear", diz Tay sobre estreia em Mundiais

O jogador da INTZ não está satisfeito com sua primeira experiência no Worlds
Jairo Junior
LoL: INTZ enfrenta SuperMassive e perde a terceira seguida no Worlds 2020
League of Legends

LoL: INTZ enfrenta SuperMassive e perde a terceira seguida no Worlds 2020

Brasileiros são os únicos do grupo sem vitória
Jairo Junior
Mundial de LoL: Nicks e elos dos jogadores da INTZ nas ranqueadas chinesas
League of Legends

Mundial de LoL: Nicks e elos dos jogadores da INTZ nas ranqueadas chinesas

Intrépidos disputarão o Worlds 2020 de League of Legends
Beatriz Coutinho