Esports

Brazilian Crusaders finaliza operações por falta de investimento

Organização tinha equipes de R6, PUBG e outros jogos
@biaacoutinhoo
Beatriz Coutinho
escreve para o Versus.
Foto: Brazilian Crusaders/Reprodução
Foto: Brazilian Crusaders/Reprodução

Nesta segunda-feira (1), a organização de esports Brazilian Crusaders anunciou o fim de suas operações. De acordo com o comunicado do time, a falta de parcerias e investidores não permitiria que a empresa tivesse futuro.

Leia mais:


Fundada em 2017 por Rafael “BrazilianCrusader” Aguiar, Thiago “LosBolados” Sabione e Yuri “NoCause” Amaral, a Brazilian Crusaders teve line-ups de diversas modalidades, como H1Z1, PlayerUnknown's Battlegrounds, Fortnite, Free Fire, PUBG Mobile, Clash Royale, World of Tanks e Rainbow Six Siege.

A organização também contava com diversos influenciadores e streamers, como Skipnho, Shevii, Firmezinha, NoHandsNeto, PaulinhoHMachado e Futebolista.

"Não obtivemos sucesso na adesão de parcerias e investidores necessários à sustentabilidade de longo prazo do projeto", explicou a organização em seu comunicado.

"Por tudo o que nossos torcedores, apoiadores, diretores, profissionais, jogadores, streamers e, acima de tudo, por todos que estiveram conosco e apoiaram em cada etapa, cada competição, cada vitória ou derrota, enfim, pela realização desse sonho que foi a BRC, o nosso mais sincero MUITO OBRIGADO!", finalizou a Brazilian Crusaders.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Bia Coutinho é redatora do Versus. Siga-a no Twitter em @biaacoutinhoo.

Tags Relacionadas
Esports
Mais notícias
Manchester City exibe símbolo da FaZe ao entrar em campo pelo Campeonato Inglês
CS:GO

Manchester City exibe símbolo da FaZe ao entrar em campo pelo Campeonato Inglês

Organização de esports e clube de futebol anunciaram parceria em setembro
Beatriz Coutinho
Alemanha quer facilitar emissão de visto para pro players estrangeiros
Esports

Alemanha quer facilitar emissão de visto para pro players estrangeiros

Projeto de lei pode ser aprovado em breve
Matheus Oliveira
PlayStation lança plataforma de torneios com conteúdo voltado ao competitivo
Esports

PlayStation lança plataforma de torneios com conteúdo voltado ao competitivo

É possível participar de campeonatos diretamente do console
Helena Nogueira