Street Fighter

SFV: Brasileiro "DidiMokof" conquista vaga latino-americana para Capcom Cup

A decisão aconteceu na Versus Fighting Cup by IGN, em São Paulo
DidimoKOF faz a pose de Dhalsim, seu personagem favorito em Street Fighter. Foto: Marcelo Paixão
DidimoKOF faz a pose de Dhalsim, seu personagem favorito em Street Fighter. Foto: Marcelo Paixão

O brasileiro Renato "DidiMokof" Martins foi o grande vencedor da etapa latino-americana da Capcom Pro Tour de Street Fighter V.

Leia mais:

A final ocorreu presencialmente neste sábado (4), durante a Versus Fighting Cup by IGN, em São Paulo, na Arena de eSports da Webedia. 

O brasileiro venceu o oponente dominicano Christopher "Caba" Rodriguez por 3 a 2.

A decisão se tornou uma partida de revanche, já que Caba havia sido derrotado e mandado para a chave dos perdedores pelo próprio DidimoKOF. O confronto entre o Dhalsim do brasileiro e o Guile do dominicano tinha se mostrado favorável para Didi.

O brasileiro abriu rapidamente uma vantagem de 2 a 0 contra Caba, chegando ao Match Point. Renato é conhecido por adotar uma postura ofensiva com seu lutador, sendo que Dhalsim foi criado essencialmente para fazer justamente o contrário. Didi conseguiu muito bem pressionar o Guile de Caba, não dando chances à sua defesa quase impenetrável.

Os dois jogadores estavam se adaptando muito bem ao estilo um do outro. Renato começou a abusar do slide do Dhalsim, passando pelos projéteis de Guile enquanto Caba punia as investidas dos teleportes do brasileiro com os frames invencíveis de seu Flash Kick EX.

O brasileiro Renado "DidimoFOK" Martins à esquerda e o dominicano Christopher "Caba" Rodriguez à direita. Foto: Marcelo Paixão
O brasileiro Renado "DidimoFOK" Martins à esquerda e o dominicano Christopher "Caba" Rodriguez à direita. Foto: Marcelo Paixão

 As mudanças pareceram surtir mais efeito para o dominicano, que evitou quase todas as aproximações de Didi, que se encontrava em clara desvantagem no jogo de longa distância. Christopher conseguiu empatar o set em 2 a 2.

O brasileiro tentou então mudar um pouco sua estratégia de jogo. O Dhalsim possui três grandes armas que podem ser exploradas: o alcance de seus ataques, seu teletransporte e seu poderoso V-Trigger. Didi decidiu então apostar na última, já que Guile é uma muralha defensiva.

Caba se viu sem saída e decidiu partir para a ofensiva, que é justamente onde DidimoKOF brilha. O dominicano chegou muito perto de conseguir um bracket reset, mas o brasileiro, fazendo o seu melhor com apenas o magic pixel (último ponto de vida, quando o jogador não pode tomar mais dano nenhum sem ser derrotado) conseguiu aproveitar seus recursos e finalizar a partida com o dano de seu V-Trigger e seu CA.

Com a vitória, DidiMokof conquistou uma vaga para a Capcom Cup 2017 de Street Fighter V, o mundial do jogo que será realizado em 8 e 10 de dezembro em Anaheim, Califórnia.

Os 32 melhores jogadores do mundo de Street Fighter V vão disputar a premiação total de US$ 120 mil, e o campeonato também já conta com a presença do brasileiro Thomas "Brolynho" Proença.

As partidas da Capcom Pro Tour Latam foram transmitidas pelo canal oficial do Versus. Veja todos os resultados:

Foto: Toornament
Foto: Toornament
Tags Relacionadas
Street Fighter