Esports

Overwatch League pode ter equipe brasileira no futuro

De acordo com o produtor do torneio, o país terá mais visibilidade em 2018
@thais.stagni
Escrito por
Thais Stagni
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O cenário competitivo de Overwatch está crescendo e, de acordo com o produtor da Overwatch League Nate Nanzer, o Brasil pode ter um papel importante para o campeonato em 2018.

Leia mais sobre Overwatch:

Em uma sessão de perguntas e respostas no Reddit, Nanzer afirmou que a Europa e o Brasil são duas áreas que terão mais visibilidade nas temporadas futuras do campeonato.

"A Europa já é uma região muito importante e conta com muitos jogadores bons", declarou Nanzer. "Existem 30 pro players na Overwatch League desse ano. A Europa também é um foco para nós, já que nós queremos expandir a liga e adicionar mais times nas próximas temporadas. O Brasil também é uma área importante para nós, e um país que achamos que definitivamente podem ter uma equipe na Overwatch League no futuro."

Foto: Blizzard/Reprodução
Foto: Blizzard/Reprodução

Nanzer afirmou ainda que a Overwatch League vai continuar a se expandir, e que a Blizzard quer que os eSports em Overwatch se torne "um ambiente convidativo para todos -- em que jogadores serão julgados apenas por suas habilidades, expertise e trabalho em equipe".

De acordo com o produtor, "ter um ambiente seguro e inclusivo é muito importante", especialmente porque 40% da equipe de produção da Overwatch League é composta por mulheres.

A pré-temporada da Overwatch League começa nesta quarta-feira (6). A temporada oficial começa em 11 de janeiro.

Thaís Stagni é redatora do Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
Esports
Mais notícias
SonicFox decide não participar da EVO Online 2020
Mortal Kombat

SonicFox decide não participar da EVO Online 2020

Decisão aconteceu após o presidente do torneio ser acusado de assédio sexual
Beatriz Coutinho
Smash Ultimate: Nairo, Cinnpie e Keitaro são acusados de pedofilia
Smash Bros

Smash Ultimate: Nairo, Cinnpie e Keitaro são acusados de pedofilia

Diversas acusações surgiram na comunidade de Smash
Beatriz Coutinho
Samira Close comanda live para celebrar Orgulho LGBTQ+ no Facebook Gaming
Comunidade

Samira Close comanda live para celebrar Orgulho LGBTQ+ no Facebook Gaming

Transmissão terá Diva Depressão, Maíra Medeiros, Lia Clark e mais como convidados
Beatriz Coutinho