CS:GO

Bragantino contrata equipe de CS:GO e estreia no GG.BET Summer 2018

Mais um clube apostando nos esportes eletrônicos
@felipe.cardoso
Escrito por
Felipe Cardoso
Foto: Reprodução/Rael Costa
Foto: Reprodução/Rael Costa

Nesta quarta-feira (15) foi a vez do Clube Atlético Bragantino chegar ao Counter-Strike: Global Offensive. O clube anunciou sua nova equipe do jogo de tiro da Valve após cinco meses de sua chegada no cenário.

Leia mais:

Conhecido como Massa Bruta, o Bragantino aposta em nomes com diversas passagens em equipes nacionais como Team Brave Soldiers, Team O2, semXorah, Revoltz e Vivo Keyd. Confira os jogadores:

Bragantino e-Sports

  • Rodrigo “DRG” Ausenka
  • Vitor “koé” Pires
  • Murilo “MUKA” Zaremba
  • Marco “SOWELL” Aurélio
  • Cristiano “CJ” Junqueira
  • Leonardo “zmb” Toledo (coach)

O Bragantino tem como objetivo principal o CS:GO e segundo Giovane Paiola, responsável pelo setor de eSports da organização, "Queremos expandir nossos trabalhos com essa equipo, sendo nosso carro chefe e buscando sempre novas marcas para firmar conosco neste cenário".

A estreia do Massa Bruta será no GG.BET Summer 2018 nesta quarta-feira (16), torneio que também conta com a participação de clubes como Vitória eSports e Santos eSports, mostrando o investimento de grandes nomes do futebol na cena dos esportes eletrônicos.

Felipe Cardoso é analista do Versus. Siga-o no Twitter em @felpyyy.

Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
CS:GO: Gaules fará último torneio sul-americano com vaga para o Major Rio 2020
CS:GO

CS:GO: Gaules fará último torneio sul-americano com vaga para o Major Rio 2020

Mais detalhes serão revelados em breve
Beatriz Coutinho
CS:GO: BOOM é campeã da Gamers Club Masters V
CS:GO

CS:GO: BOOM é campeã da Gamers Club Masters V

Equipe tropeçou no começo do torneio, mas garantiu o título
Beatriz Coutinho
CS:GO: S1mple é banido da Twitch e faz referência a caso de Dr Disrespect
CS:GO

CS:GO: S1mple é banido da Twitch e faz referência a caso de Dr Disrespect

O pro player não foi notificado do motivo que levou à punição da plataforma
Matheus Oliveira