Tekken

"As empresas têm que olhar para o Brasil", diz Saint, campeão mundial de Tekken

O sul-coreano é considerado um dos melhores jogadores de Tekken do mundo
@_matheusF23
Escrito por
Matheus Oliveira
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Choi "Saint" Jin Woo, campeão mundial de Tekken, veio ao Brasil no último domingo (18), convidado a participar do TOP Fighter Cup, campeonato conhecido do cenário latino-americano de Tekken. O Versus marcou presença no evento para conversar com o pro player, conhecido como um dos maiores nomes do jogo de luta.

Leia mais:

O torneio em questão aconteceu no bairro da Liberdade, em São Paulo, e reuniu os melhores pro players brasileiros no game, que lutaram de igual para igual com o sul-coreano.

Durante o decorrer do campeonato, Saint afirmou que os jogadores nacionais "têm muito amor pelo jogo e também muita habilidade." Após perder sua primeira partida para um competidor local, ele afirmou: "Acabei de ver isso na prática."

O sul-coreano, assim como o redator que vos fala, parecia se sentir em casa, em um ambiente que respirava fighting games com players apaixonados e uma torcida tão barulhenta quanto os golpes que passavam no telão.

Sendo um dos melhores jogadores do mundo, é comum que muitos jogadores competitivos tenham Saint como exemplo de técnica e procurem aprender o máximo de suas partidas. Mesmo assim, por conta da barreira de linguagem, poucos se atreviam a falar com o ícone.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

"Saber que existem pessoas que querem jogar como eu me deixa muito feliz, porque mostra que jogo muito bem", comentou Saint, que respondeu às perguntas ente um jogo e outro.

Apesar de apontar o alto nível competitivo dos brasileiros, o pro player reconhece que ainda existe um longo caminho para ser percorrido, e que "se o país tiver mais suporte, o cenário [de jogos de luta] pode se desenvolver muito rápido, as empresas têm que olhar para o Brasil."

"Aqui existem muitas pessoas que amam competir, o segredo é nunca parar de fazer coisas como essa", completou o pro player, referindo-se ao campeonato, que também contou com showmatchs de Street Fighter V: Arcade Edition.

Tekken 7 teve um relativo sucesso em 2016 e 2017 - como grande exemplo, temos o circuito mundial Tekken World Tour, que distribuiu mais de US$ 200 mil em premiação, e o King of Iron Fist Tournament, campeonato global em 2016 que terminou com a vitória de Saint.

O Versus espera que tanto o jogo quanto o pro player sul-coreano mantenham o sucesso, e brilhem também nos anos que estão por vir.

Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
Tekken
Mais notícias
CS, LoL, CoD e mais: As 10 maiores rivalidades dos esports
Comunidade

CS, LoL, CoD e mais: As 10 maiores rivalidades dos esports

É o Naruto e Sasuke, o Goku e Vegeta dos esportes eletrônicos!
Matheus Oliveira
EVO 2020 é cancelada; evento terá disputas online
EVO

EVO 2020 é cancelada; evento terá disputas online

Mais informações sobre o novo formato do torneio serão divulgadas em breve
Helena Nogueira
Coronavírus nos esports: todos os campeonatos cancelados ou adiados
League of Legends

Coronavírus nos esports: todos os campeonatos cancelados ou adiados

Torneios de diversas modalidades foram afetados pela pandemia
Beatriz Coutinho