CS:GO

Após acusação de pedofilia, Pavelzinho é afastado da New England Whalers

Time alega que a saída do jogador não tem relação com o caso
@foxer_jj
Jairo Junior
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Felipe ''pavelzinho'' Costa foi acusado de pedofilia em fórum da plataforma ESEA. Com o nickname de enN, a pessoa que fez a denúncia explicou toda a história e também postou alguns prints de conversas privadas entre ela e o jogador de Counter-Strike: Global Offensive da New England Whalers.

Leia mais:


EnN explicou que ele e pavel se conheceram pela internet, em uma partida de CS:GO. Depois de alguns papos normais, ele diz que "a coisa foi ficando estranha" e alguns pedidos inusitados surgiram por parte do pro player. Entre eles pedidos de fotos sem roupa, mesmo sabendo que ele tem apenas 14 anos.

"Conheci o pavelzinho em um pug no começo do ano passado. Conversei com ele por um tempo, tentando marcar scrims e tal, e ele começou a ser esquisito. Me disse para mandar nudes e coisas esquisitas. Ele sabia que eu tinha apenas 14 anos e ainda me pressionava tentando obter este conteúdo explícito de mim. Eu tirei screenshots de algumas das conversas e ele ficou bravo quando descobriu que fiz isso. Disse para excluir as capturas de tela e não salvar no snapchat. Ele também me disse que enviaria uma Butterfly Knife e hoje ele me enviou uma Flip Knife Crimson Web. Depois disso, tive certeza de que ele é realmente assustador e isso não era uma piada. Não quero causar mal a ele e só quero que ele pare de ser esquisito e atormente menores como eu", dizia o texto no fórum.

Em contato com a NEW - organização que o jogador atuava até o começo da semana -, foi dito que a saída do pro player e a acusação não tem qualquer relação entre si.

"Sem comentários sobre o post na ESEA, pois não temos conhecimento de nenhuma conversa particular que algum de nossos jogadores tenham se envolvido", disse o CEO da Whalers Diego Freitas. "Por razões não relacionadas com isso, o Whalers removeu Pavel do time de CS:GO na noite de segunda-feira a terça-feira de manhã [24 e 25 de setembro] e ele voltou ao Brasil na quarta-feira à tarde (25). Eu e a equipe estávamos tomando as medidas apropriadas para garantir a segurança do próximo jogador que virá. Pavel jogou suas últimas partidas na noite de terça-feira, onde já tínhamos concordado com sua saída anteriormente."

1/4
Imagem postada no fórum da ESEA
Imagem postada no fórum da ESEA
Imagem postada no fórum da ESEA
Imagem postada no fórum da ESEA
Imagem postada no fórum da ESEA
Imagem postada no fórum da ESEA
Imagem postada no fórum da ESEA
Imagem postada no fórum da ESEA

Após as acusações inundarem as redes sociais, pavelzinho foi ao Twitter contar a sua versão da história. De acordo com ele, enN sempre brincou com desta forma e a sua reação era apenas retribuir com brincadeiras e falar besteiras.

"Ele sempre vinha conversar comigo via snapchat, com conversas no naipe do que está me acusando, e eu como sempre faço, tirei onda. Em nenhum momento pedi ou compartilhei fotos com ninguém. Esta pessoa postou prints de algumas conversas e criou um cenário nojento por trás para ganhar não sei o que em troca. Acusar alguém de pedofilia é um crime sério, pelo amor de Deus! Eu dei essa faca para ele hoje, pois ele disse que perdeu tudo em apostar e era aniversário dele. Eu aposto skins e já dei skins para amigos diversas vezes."

Sobre sua saída, Pavel se limitou a dizer que deixou o time "pois não estava mais feliz ali. Tanto é que já estou no Brasil. Se fosse por causa daquilo, só seria possível eu estar aqui se viesse de jato".

O jogador também afirmou que isso não ficará assim e que ele mesmo irá até as autoridades tratar o caso e trazer a verdade à tona: "Eu estou indo à polícia no momento para averiguar esta situação pois é uma acusação muito séria e creio que eles podem facilmente averiguar a questão. Vou entregar meu celular e minhas redes sociais pra verem tudo. Estou aqui pra esclarecer tudo pois não tenho nada a esconder. Quem é próximo de mim sabe meu jeito e que não faço mal a ninguém".

Pavelzinho é um jogador brasileiro que teve a YeaH! Gaming como sua última equipe no Brasil. Após isso ele foi aos Estados Unidos com outros brasileiros para dar continuidade a sua carreira por lá. Sua viagem aconteceu em fevereiro deste ano e, desde então, ele e seus companheiros foram acolhidos pela New Engalnd Whalers.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
Guia Starseries S8 de CS:GO: Times, transmissão, agenda e mais
CS:GO

Guia Starseries S8 de CS:GO: Times, transmissão, agenda e mais

Saiba quando MIBR, FURIA e Imperial jogam
Matheus Oliveira
Tudo sobre o Projeto A, novo FPS da Riot Games
League of Legends

Tudo sobre o Projeto A, novo FPS da Riot Games

Os mundos de CS:GO e Overwatch unidos da melhor forma possível
Matheus Oliveira
CS:GO: Skullz retorna à equipe titular da W7M Gaming
CS:GO

CS:GO: Skullz retorna à equipe titular da W7M Gaming

Jogador que foi emprestado a Luminosity retornou ao time de origem após o fim da line-up brasileira nos Estados Unidos
Matheus Oliveira