Apex Legends: Pro player é demitido após ser pego trapaceando em stream

Aí não, amigo!
Foto: Respawn/Reprodução
Foto: Respawn/Reprodução

De olho em um provável cenário competitivo do game, organizações estão contratando jogadores de Apex Legends, mas trapaceiros não terão vez. Assim como aprendeu o norte-americano "ElmZero", que foi demitido da Zenith Esports por ser pego usando cheats

Leia mais:


A primeira denúncia foi feita por Tanner "Rogue" Trebb, pro player da Team Liquid, em seu perfil oficial do Twitter. O jogador registrou uma parte da transmissão de uma partida de ElmZero da última segunda-feira (25):

"Como as pessoas estão transmitindo cheats em treinos", questionam os jogadores. "Acabei de clicar em uma parte aleatória do vídeo e isso é a primeira coisa que vejo. Que piada."

Após as acusações, Rogue postou em seu twitter um vídeo com trechos dos treinamentos de ElmZero, que expõem o uso de algum auxílio de mira por parte do jogador:

"Aqui está um clipe do nosso protagonista e sua mira incrível", diz o tweet.

A Zenith Esports se pronunciou imediatamente após as denúncias, afirmando que isso não é esperado dos membros da organização e que o jogador foi automaticamente desligado do time. 

 "Mais do que testar jogadores, nós sempre concordamos verbalmente que ninguém usará programas de terceiros ou trapaças. Isso inclui ElmZero. ElmZero não concordou conosco e foi removido do nosso processo de testes. Agradecemos a comunidade por ficarem de olho", diz o tweet. 

Lembrando que a desenvolvedora anunciou um Battle Pass para Apex Legends. A primeira temporada do game começa em março, com novas lendas, armas e itens.   

Também vale recordar que, entre os dias 19 de fevereiro e 18 de abril, os assinantes da Twitch Prime podem garantir conteúdo exclusivo dentro do game: a skin lendária Ponto Ômega Pathfinder.   



Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter. 

Tags Relacionadas
Apex Legends