CS:GO

Análise de campanha da Isurus Gaming na Liga Pro de CS:GO

Argentinos conquistam título inédito
@felipe.cardoso
Felipe Cardoso
escreve para o Versus.
© Reprodução
© Reprodução

A edição de setembro da Alienware Liga Pro de Counter-Strike: Global Offensive, campeonato organizado pela Gamers Club, chegou ao seu fim com a Isurus Gaming se tornando a primeira equipe argentina a conquistar o título do torneio.

A Liga Pro é um dos principais campeonatos brasileiros do cenário e conta com edições mensais e a participação das 16 melhores equipes latinas do cenário.

A edição do mês de setembro foi bem diferenciada das demais, pois os 'hermanos' desbancaram times brasileiros conhecidos e provaram ter uma imensa capacidade para se manter no cenário.

Seus jogadores se mostraram extremamente habilidosos e alguns nomes foram ressaltados ao longo do campeonato. Confira um pouco mais sobre o desempenho da Isurus Gaming no decorrer da competição.

Mapas

A Isurus Gaming jogou dez mapas em todo o campeonato e perdeu apenas dois deles. Com um score total de 8-2 e derrotas apenas no mapa da Cache, os argentinos apresentaram uma excelente map pool e um grande domínio sobre o mapa da Cobblestone.

A equipe disputou 240 rounds no torneio e conquistou 136 deles, com um aproveitamento de 56,7% e alguns placares elásticos. Dessa forma, a Isurus não apenas venceu, como também provou estar em uma ótima fase.

Jogadores

Os argentinos dominaram os rankings de estatísticas do torneio, mas o jogador Nicolas “nikoM” Miozzi foi disparado o jogador com mais notoriedade do campeonato. Seus companheiros também realizaram uma ótima campanha, veja um pouco mais sobre a campanha de cada um deles:

© Reprodução
© Reprodução

Os números são impressionantes e se a equipe argentina mantiver essa boa fase, ela pode ser uma forte oponente para todas as equipes brasileiras. No torneio, a Isurus derrotou fortes nomes, como Bootkamp, Merciless Gaming e Furia e-Sports na grande final.

Com a classificação da Isurus Gaming garantida para a próxima temporada e muitas mudanças acontecendo nas equipes brasileiras, o mês de outubro promete ter um torneio mais acirrado e agora conta com uma rivalidade maior ainda entre Brasil e Argentina.

E você, o que achou da performance dos argentinos no campeonato? Diga nos comentários!


Felipe Cardoso é analista do Versus e um amante de jogos de FPS. Siga-o no Twitter em @felpyyy.


Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
CS:GO: FURIA perde para Forze e se complica no Starladder Berlin Major 2019
CS:GO

CS:GO: FURIA perde para Forze e se complica no Starladder Berlin Major 2019

Equipe brasileira não pode mais perder na competição
Matheus Oliveira
CS:GO: Furia enfrenta CR4ZY e perde a primeira no Starladder Berlin Major 2019
CS:GO

CS:GO: Furia enfrenta CR4ZY e perde a primeira no Starladder Berlin Major 2019

Brasileiros fizeram uma campanha neutra no primeiro dia de torneio
Matheus Oliveira
CS:GO: INTZ perde segunda seguida e se complica no Starladder Berlin Major 2019
CS:GO

CS:GO: INTZ perde segunda seguida e se complica no Starladder Berlin Major 2019

A próxima derrota significará a eliminação da equipe brasileira
Matheus Oliveira