Rainbow Six Siege

Quais são as chances da Black Dragons e Team Fontt na Pro League?

Confira o rendimentos dos jogadores de cada equipe
@felipe.cardoso
Felipe Cardoso
escreve para o Versus.
© Reprodução
© Reprodução

A Pro League de Rainbow Six Siege revelou seus classificados para as finais presenciais em São Paulo nesta quarta-feira (17). Team Fontt e Black Dragons representarão o Brasil em solo nacional em um dos campeonatos mais importantes do ano.


Veja mais

- A história de Zigueira

- Informações das finais da Pro League S3

- Tudo sobre o Brasileirão de R6


Muitos ingressos já foram vendidos em apenas um dia, então corra para garantir o seu!

Essa temporada contou com grandes jogos e times que impressionaram bastante. Entretanto, os dois classificados realmente mereceram a vaga pela alta qualidade de jogos exibidos. Team Fontt e Black Dragons bateram todas as outras equipes e agora têm a difícil tarefa de jogar contra os gigantes europeus.

Com estatísticas fornecidas pelo @igoorctg, é possível fazer uma análise geral do rendimento dos brasileiros. Confira:

Team Fontt

  • Leonardo “Astro” Luis

- Eliminações: 46

- Eliminações por round: 0,78

- KDr: 1,10

- Rating: 1,08


  • Gabriel “cameram4n” Hespanho

- Eliminações: 39

- Eliminações por round: 0,66

- KDr: 1,11

- Rating: 1,14


  • Rafael “mav” Freitas

- Eliminações: 46

- Eliminações por round: 0,78

- KDr: 1,28

- Rating: 1,19


  • João “HSnamuringa” Deam

- Eliminações:31

- Eliminações por round: 0,53

- KDr: 0,88

- Rating: 0,95


  • Guilherme “Gohan” Alf

- Eliminações: 61

- Eliminações por round: 1,03

- KDr: 1,45

- Rating: 1,33


A Fontt fez um excelente campeonato e sua partida de classificação foi muito acirrada contra a BRK eSports, na qual o MVP foi cameram4n, com jogadas espetaculares e provando ser um dos melhores jogadores do Brasil em situações de clutches.

O conjunto da equipe segue muito forte ea adaptação ao estilo de seu adversário in game vem melhor ainda para essa temporada. O time tem grandes chances de chegar muito longe nas finais da PL e quiçá até conquistar o título desta vez.

© Reprodução/ESL
© Reprodução/ESL

Black Dragons

  • Wagner “wag” Alfaro

- Eliminações: 18

- Eliminações por round: 0,41

- KDr: 0,72

- Rating: 0,88


  • João “Kamikaze” Gomes

- Eliminações: 43

- Eliminações por round: 0,98

- KDr: 1,79

- Rating: 1,46


  • Júlio “Julio” Neto

- Eliminações: 42

- Eliminações por round: 0,95

- KDr: 2,63

- Rating: 1,64


  • Pedro “Pzd” Dutra

- Eliminações: 37

- Eliminações por round: 0,84

- KDr: 1,37

- Rating: 1,25


  • Gustavo “Psycho0” Santos

- Eliminações: 47

- Eliminações por round: 1,07

- KDr: 1,62

- Rating: 1,42


Depois de ficar de fora na última temporada, a aclamada line-up da BD vai novamente para o mundial. Após uma campanha excelente e com um tático formidável, a equipe quer superar sua campanha de vice-campeã.

Contando com Julio, Kamikaze e Psycho que vivem fases sensacionais e prometem fazer dessa Pro League algo inesquecível.

© Reprodução/Facebook
© Reprodução/Facebook

Logo os dois classificados vão muito bem preparados para as finais presenciais e desta vez os outros países que se cuidem, porque o Brasil vem forte!


Felipe Cardoso é analista do Versus e não vê a hora de gritar "É campeão!". Siga-o no Twitter em @felpyyy.


Tags Relacionadas
Rainbow Six Siege
Mais notícias
Rainbow Six: xSexyCake é indicado a melhor jogada do ano do Esports Awards
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: xSexyCake é indicado a melhor jogada do ano do Esports Awards

A cerimônia dos vencedores acontece em novembro
Beatriz Coutinho
Rainbow Six: FaZe e NiP se classificam para as finais da Pro League S10
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: FaZe e NiP se classificam para as finais da Pro League S10

As duas equipes venceram seus respectivos confrontos nesta penúltima rodada
Matheus Oliveira
Rainbow Six: Empates na 12ª rodada de Pro League S10 aumentam a disputa pela liderança
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Empates na 12ª rodada de Pro League S10 aumentam a disputa pela liderança

A disputa pela vaga nas Finais da Pro League está cada vez mais acirrada
Matheus Oliveira